quarta-feira, 4 de julho de 2012

Direto para o Lixo!


Eu me lembro bem da época que eu aprendi datilografia. 
Eu tinha meus 15 anos e as tarefas eram muito difíceis. Tínhamos que colocar uma folha de papel em cima do teclado da máquina e bater textos sem olhar nas teclas. 
Quantas vezes eu errei e tive que começar tudo de novo! Eram folhas e folhas de papel jogadas na lata do lixo sem conseguir terminar o tal texto. E o professor não aceitava que errássemos nem uma só letra. Tudo tinha que estar corretíssimo. 
Naquela época o computador era só ficção científica dos desenhos animados dos Jetsons. 

Mas já estávamos sendo preparados para a sua chegada ao nosso mundo.
Acho que por isso, uma das funções mais legais que tem o computador e os celulares é a tecla de deletar, de jogar no lixo.
Talvez para os mais jovens, essa idéia de eliminar uma letra, uma palavra ou uma idéia do papel ser impossível, pode parecer absurda. Mas era assim que acontecia... era impossível.
E vc pode estar se perguntando: o que a Cristal quer dizer com tudo isso? 
Existem momentos que eu imagino ter uma tecla de deletar ou de jogar no lixo dentro do meu cérebro e posso enviar para lá estas situações, circunstâncias que eu não queria ter visto, vivido ou escutado.
Acontece que a nossa rotina, o nosso dia a dia nos leva pela mão e a gente acaba baixando a guarda o que faz com que o nosso cérebro esteja frequentemente no modo "automático" e que , sem percebermos, permitimos que entre nele, qualquer tipo de informação; algumas vezes tóxicas que acabam ocupando espaço na nossa mente e impactando o nosso estado de ânimo e a nossa saúde. 
Eu acredito que nós temos que estar muito atentos, conscientes do que rodeia a nossa mente, o nosso estado de ânimo e as nossa saúde.  
Experimente!
Quando vc se encontrar em uma situação que te provoque algum tipo de rejeição ou incômodo, e que seja negativa ou desnecessária, pergunte-se: "e agora o que eu faço com isso?", "em que parte do meu cérebro eu a guardo?", "para que eu vi isso?". Com um doce sorriso no rosto, finja interesse enquanto mentalmente vc visualiza que está apertando a tecla de deletar ou de jogar no lixo e que isso que é indesejável seja sugado até desaparecer. É tão gostoso, tão libertador!
Imagine essa teclinha sugando também, por exemplo, o passado, um mal entendido, uma lembrança ruim, uma vibração negativa, o rancor ou tudo o que seja tóxico para vc.  Fazer como disse Carlos Castaneda: "Um dia decidi que meu passado já não me servia mais e, como o álccol, eu o deixei". Não é legal?


Aperte a tecla de deletar ou de jogar no lixo:

  • Quando vc encontre pessoas que adoram ser portadoras de más notícias, que critiquem, que te falem de suas penúrias, doenças habituais, mal humor, que reclamem de tudo.
  • Quando vc decida que é hora de soltar um passado que tenha te causado dor.
  • Quando preocupar-se não te ajude a solucionar nada.
  • Quando vc queira libertar o estres e a tensão que vc carrega nos ombros.
  • Quando vc já não goste do seu trabalho e já esteja cansado de fingir.
  • Quando vc sofra porque suas expectativas não se cumprem.
  • Quando vc estiver diante de uma fatia de bolo de chocolate e a soma das calorias de culpa se acumulem na sua mente.
  • Quando vc se sinta incomodado por ter que dizer a verdade.
  • Quando vc tenha deixado de fazer o que vc gosta para fazer o que "deve ser".
  • Quando alguém te diga: "Vc não vai conseguir".
Em casos como esses, grite com força: "Direto para o lixo!"
Assim vc vai poder fazer lugar para tudo aquilo que te alimenta, te faz crescer, te conecta, te engrandece e faz vc se sentir bem.

Um grande beijo de luz no seu coração!


5 comentários:

  1. Muito legal amiga, e eu pude me recordar do meu curso de datilografia também rsrs. Mas sei que a teclar deletar deveria ser muito mais usada por mim, mais uma vez obrigado, Parabéns, e vamos excluir tudo aquilo que não nos faz bem!

    ResponderExcluir
  2. Olá linda, vim conhecer seu blog é lindo!
    Estou te seguindo no twitter e aqui, muito sucesso com seu e-book

    ResponderExcluir
  3. Que gostoso Floriano, que vc gostou do texto. Muito obrigada pelo comentário. Vamos excluir tudo aquilo que não nos serve mais.
    Um grande beijo de luz no seu coração!

    ResponderExcluir
  4. Olá Verônica! Fiquei muito feliz com a sua visita no meu blog. Venha sempre que quiser. Se vc se inscrever no meu blog, vc vai receber todas as novidades e ainda pode ganhar o meu e-book de presente.
    Muito obrigada pela sua visita e um grande beijo de luz no seu coração!

    ResponderExcluir
  5. Legal sua idéia , é mais ou menos como dar um F5 na nossa vida .... mas a frase creditada a Castañeda na verdade é do mestre dele , o Nagual Dom Juan Matus no livro Viagem á Ixtlán !!! Abraços .

    ResponderExcluir